Peru: Como a coragem apostólica transforma vilas na selva | 14Set2011 13:00:26

Publicado por: XavierSilva

Peruvian_jungle_main_WTL.jpg

O professor peruano Jaime Gomez e a sua mulher, Telma, entregaram os seus corações a Jesus em 1969 por influência dos missionários baptistas que vieram dos Estados Unidos para a cidade de Yurimaguas, na Amazónia. Após a sua conversão, Jaime sentiu um intenso chamamento para o ministério apesar de saber que não tinha poder para ser uma testemunha. Uns dias mais tarde, depois de ter uma visão de Deus a tocar-lhe na boca, Jaime ficou imbuído pelo poder divino e falou em línguas desconhecidas durante seis dias seguidos.

Hoje em dia, a Associação de Missionários Cristãos Esmirna do Peru tem 160 igrejas, muitas em vilas difíceis de alcançar na selva amazónica do Peru. Os Gomez, agora na casa dos 60, oferecem um exemplo de verdadeira coragem apostólica. Jaime, um homem magro com um aspecto quase frágil e um sorriso bondoso, não se gaba das privações que enfrentou ao serviço da igreja, que incluem duas prisões por terroristas marxistas na década de 80. Em ambas as vezes os guerrilheiros lhe apontaram uma arma à cabeça mas decidiram não o matar. Depois de ter escapado por pouco à morte, Jaime e a mulher começaram, sistematicamente, a evangelizar os crentes em Terapoto porque se aperceberam que a maior parte dos evangélicos tinha pouca fé e que não estavam a cumprir a a Grande Comissão.

Depois de terem construído uma igreja forte, começaram a tentar chegar às cidades mais próximas. Muitas vezes enfrentaram uma oposição demoníaca devido à feitiçaria enraizada nas zonas montanhosas. Tiveram também que superar obstáculos intransponíveis para chegar a vilas índias sem acessos por estrada. Para chegar à cidade indígena de Santa Sofia, por exemplo, os Gomez e a sua equipa tiveram de fazer uma difícil viagem de dois dias, por barco, através da selva. Quando chegaram, os residentes estavam completamente receptivos ao Evangelho e abraçaram a fé. Hoje em dia toda a cidade é cristã.

Outra comunidade índia distante era chefiada por um patriarca que tinha sete mulheres. Tal como outras vilas peruanas nessa zona, Parinari estava dominada por uma bebida alcoólica chamada masato. Esta bebida é confeccionada pelas mulheres que mastigam pedaços de raiz de yuca, cospem o suco para tigelas e deixam fermentar o líquido durante dias. Quando os missionários chegaram, ofereceram-lhes o masato a beber. É considerado má educação recusar. Mas valeu a pena: hoje em dia, toda a população da cidade, de 383 pessoas, vai à igreja e o pastor local, treinado por Jaime e Telma, quebrou o ciclo da poligamia introduzindo o modelo de casamento cristão com uma só mulher.

Fonte: Jaime e Telma Gomez, Lee Grady

Joel News International 749  |  14 Outubro 2010
JOEL NEWS – fique ao corrente do que Deus está fazendo no MUNDO!

http://www.charismamag.com/index.php/fire-in-my-bones/29258-how-apostolic-courage-is-transforming-the-peruvian-jungle







Partilhar:

Artigos Relacionados
Comentários

Nome:
Endereço de email (não será publicado):
comentários:

Procura
Últimas Galeria
©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional