Rockefeller Admitiu Objectivo das Elites em implantar “microchips” em toda a População | 01Jul2009 14:00:00

Publicado por: XavierSilva

Untitled00.png

  Pela 1ª vez, o cineasta de Hollywood, Russo, dá informações aprofundadas sobre as espantosas declarações de Nick Rockefeller, incluindo a sua previsão do 11 de Setembro e a fraudulenta guerra ao terrorismo, a criação do Movimento de Libertação das Mulheres por parte dos Rockefeller, e o derradeiro plano das elites para a redução da população mundial e para a implantação de microchips nas pessoas.

  Rockefeller Admitiu Objectivo das Elites em implantar “microchips” em toda a População

  O realizador de cinema de Hollywood e produtor de documentários, Aaron Russo, revelou informação desenvolvida sobre as espantosas declarações de Nick Rockefeller, que lhe disse pessoalmente que o derradeiro objectivo das elites é criar uma população controlada por microchips e que a guerra ao terrorismo era um embuste, tendo Rockefeller previsto um “acontecimento” que desencadearia as invasões do Iraque e do Afeganistão onze meses antes do 11 de Setembro.

Rockefeller disse igualmente a Russo que a Fundação da família Rockefeller tinha criado e financiado o movimento de libertação das mulheres, com o objectivo de destruir a família, e que a redução da população era uma meta fundamental da elite global.

    Russo é talvez mais conhecido por ter produzido o filme “Os Ricos e os Pobres”, com Eddie Murphy no papel principal, mas esteve mais recentemente na ribalta por ter revelado a criminosa ‘corrida ao lucro’ do Sistema da Reserva Federal dos Estados Unidos, no documentário “América, da Liberdade ao Fascismo”.

    Actualmente sendo submetido a mais tratamentos na sua luta contra o cancro, Russo arranjou tempo para dar uma entrevista ao seu colega Alex Jones, realizador de documentários e apresentador de programas de rádio, na qual largou bombas atrás de bombas em relação ao que Rockefeller lhe tinha contado sobre a direcção para a qual o mundo está a ser conduzido pela elite global.

Em baixo pode ver um extracto da entrevista com a duração de catorze minutos.
http://www.prisonplanet.com/articles/january2007/290107rockefellergoal.htm
 
Depois do seu conhecido filme “Mad As Hell” ter sido lançado e ele ter começado a sua campanha eleitoral para Governador do Nevada, Russo chamou a atenção de Rockefeller e foi-lhe apresentado por uma advogada. Ao ver a convicção de Russo e a sua capacidade de produzir mudanças, Rockefeller iniciou uma missão subtil para recrutar Russo para a elite.

    Durante uma conversa, Rockefeller perguntou a Russo se ele estaria interessado em integrar o Conselho das Relações Exteriores, (Council of Foreign Relations – CFR), mas Russo recusou o convite, afirmando que não tinha interesse em “escravizar as pessoas” ao que Rockefeller respondeu, perguntando-lhe friamente por que razão se interessava tanto pelos “servos”.

     “Eu costumava perguntar-lhe sobre a razão de tudo aquilo”, conta Russo, “tu tens todo o dinheiro de que precisas, tens todo o poder que necessitas, qual a razão, qual é a meta final”? ao que Rockefeller respondia (parafraseando): “A meta final é introduzir chips em todas as pessoas, controlar toda a sociedade, ter os banqueiros e a elite controlando o mundo.”


    Rockefeller chegou mesmo a assegurar a Russo que, se ele se juntasse à elite, o seu chip seria marcado de uma forma especial, de forma a evitar inspecções indevidas por parte das autoridades.

    Russo afirma que Rockefeller lhe disse, “onze meses antes do 11 de Setembro acontecer, que ia haver um acontecimento e que, como consequência disso, iríamos invadir o Afeganistão para colocarmos oleodutos no Mar Cáspio, iríamos invadir o Iraque para nos apoderarmos dos campos de petróleo e estabelecer uma base no Médio Oriente, e depois iríamos atrás do Chavez na Venezuela.”
 

Untitled11.png

Rockefeller disse igualmente a Russo que ele veria soldados nas cavernas do Afeganistão e do Paquistão à procura de Osama bin Laden e que haveria “uma guerra interminável contra o terrorismo, na qual não haveria nenhum verdadeiro inimigo e que tudo seria uma fraude gigantesca”, para que “o Governo possa dominar o povo americano”, isto segundo Russo, que também disse que Rockefeller estava a rir-se de forma cínica e a gozar quando fez esta espantosa

 

Untitled22.png

Numa conversa posterior, Rockefeller perguntou a Russo a sua opinião sobre o Movimento de Libertação das Mulheres. A resposta de Russo, de que pensava que tinha a ver com o direito ao trabalho e a receber um salário igual ao dos homens, do mesmo modo que tinham conquistado o direito ao voto, fez com que Rockefeller retorquisse, rindo: “És um idiota! Vou-te explicar de que se tratava: nós, os Rockefeller, financiámos isso, financiámos o Movimento, nós é que arranjámos todos os jornais e a televisão – a Fundação Rockefeller”.

    Rockefeller contou a Russo as duas principais razões que levaram a elite a patrocinar o Movimento de Libertação das Mulheres: primeiro porque, antes da libertação das mulheres, os banqueiros não podiam cobrar impostos a metade da população e, em segundo lugar, porque isso fez com que as crianças entrassem para a escola mais cedo, levando a que sejam doutrinadas para aceitar o Estado como a família mais próxima, destruindo o modelo de família tradicional.

    Esta revelação condiz com revelações feitas anteriormente por parte da líder feminista Gloria Steinem (na foto) de que a CIA financiou a Ms. Magazine com o mesmo objectivo de destruir os modelos familiares tradicionais.


    Rockefeller gostava sempre de realçar a sua ideia de que “o povo tem de ser governado” por uma elite, e que uma das ferramentas desse poder era a redução da população, porque havia “demasiadas pessoas no mundo”, e que a população mundial devia ser reduzida para, pelo menos, metade.

    Segundo as conversas de Rockefeller com Russo, uma das questões que fugiu do controlo da elite é o conflito Israel-Palestina, chegando-se a pensar seriamente, a certa altura, numa ideia bizarra de dar a cada cidadão israelita um milhão de dólares e realojá-los a todos no estado de Arizona.
http://www.prisonplanet.com/articles/january2007/290107rockefellergoal.htm

notícia original publicada em: 01JUL2009

Autor:Paul Joseph Watson, Prison Planet
 

mark_of_the_beast_Duncan_Long.jpg

E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,
Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.

Apocalipse 13:16,17    


Partilhar:

Artigos Relacionados
Comentários

Nome:
Endereço de email (não será publicado):
comentários:

Procura
Últimas Galeria
©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional