Religião e pornografia: Apelo aos católicos franceses | 27Mar2013 11:02:47

Publicado por: XavierSilva

Ange_d__or.png

"Anjo Dourado" de mais de 4 m, cruzes, etc ... pejado de antenas

Com as suas milhares de antenas de telemóveis, a Igreja Católica é de facto e de longe, uma das primeiras emissoras "pornográficas" da França.

Já foi há alguns anos que alertamos a hierarquia católica de forma exemplar e muito respeitosa sobre a constatação de um estado de coisas: os mastros de telemóveis não transmitem apenas mensagens básicas, mas também uma alta proporção de mensagens de carácter explicitamente pornográfico.

Originalmente "porn áudio", os operadores que são empresas comerciais, agora estão passando por suas antenas de telemóveis instaladas em locais de culto toda  uma economia (um negócio), com base não só no conteúdo visual abertamente pornográfico, mas pior agora: a realidade da pornografia conhecida como "obscenidades interativas ao vivo" com as novas tecnologias 3G e outras.

A profanação, há algo de mais contrário à religião? "Um lugar de culto é destinado à oração, se ele é profanado torna-se impróprio para o culto. Sendo o culto simplesmente uma disposição de silêncio e paz para acolher Deus sem a qual Ele não virá. "

A Conferência dos Bispos da França expressou-se de forma inequívoca sobre o assunto: "As igrejas foram construídas para o culto e não podem ser utilizadas para outros fins.”

Os Bispos estão também resolutamente empenhados num processo de sanitização salutar, com Mons. Guy Bagnard, Bispo de Belleys-Ars, que declara [reportagem em vídeo]: "... É um edifício que foi dedicado, é o lugar onde vive a comunidade cristã que nela se  junta, é o lugar onde se encontra a presença de Deus ... "" ... O Conselho Episcopal decidiu rescindir todos os contratos com as operadoras de telemóveis".

Mais humildemente o Pe. Marc GADIOLET, pároco de Treffort-Cuisiat, exprimiu-se nestes termos que resumem por si só a origem do problema, habilmente escondido pelos operadores:

"... Há alguns anos atrás, quando assinei, pensei que era um serviço a oferecer à população, ter uma antena, eu não tinha percebido que se tratava de uma antena de retransmissão, confesso ... ".

As novas tecnologias chamadas de 3G com UMTS ou TMP (Televisão Móvel Pessoal), mesmo se elas são globalmente uma falhanço, no entanto, estão sendo atualmente postas em funcionamento pelas operadoras em instalações existentes ou criadas de novo, portanto impostas aos proprietários, muitas vezes sem o seu conhecimento.

Ao contrário do que se possa pensar as grades de proteção são muito difíceis de implementar como 20 Minutos atesta em sua edição de 25 de junho de 2009: "A primeira aplicação “adulta" do iPhone não está mais disponível"
De acordo com a lei de separação entre Igreja e Estado, de 1905, tudo é muito claro na distribuição dos poderes das partes [reportagem em vídeo]


20_minutes.png

20 Minutos: aplicativo Meninas mais quente, retirado do iPhone pela Apple ...


incluindo edifícios destinados a locais de adoração, mesmo se eles foram especificamente dessacralizados (não mais celebração do culto), não confundir com desafetado.

Um lugar de culto dessacralizado mantém-se sob a autoridade da hierarquia religiosa da Diocese tal como define o Ministério do interior numa resposta publicada no Jornal Oficial do Senado em 18 de Junho de 2009 - página 1529: "... No entanto , logo que a igreja é afetada ao culto, esta decisão (nota: a instalação de antenas de telemóveis) precisa do consentimento do padre responsável pela paróquia, que tem o poder de policiar o edifício ".

 

Mgr_Bagnard.jpg
Mons. Guy Banard, Bispo de Belleys-Ars


Concretamente um prefeito não tem poder de decisão.  O objetivo desta iniciativa não é para tentar "ferir" ninguém, mas para abrir os olhos nomeadamente dos católicos, sobre a realidade que poderá surpreender, espantar, chocar, para alguns até mesmo ser ultrajante: Com milhares de antenas de telemóveis, a Igreja Católica é, de facto e de longe, um dos principais "difusores pornográficos" da França.

A ignomínia final desta deriva sendo alcançada pelos fiéis que rezam, sem o saberem, perante cruzes ou estátuas de anjos... que são antenas camufladas!

üNesta base, além do risco sanitário e da ilegalidade comprovada por inexistência de seguro de responsabilidade civil obrigatório, fazemos acto de responsabilidade ao reiterar o nosso pedido à hierarquia católica para não somente não aceitar mais qualquer instalação de antenas em igrejas e fazê-lo saber claramente, mas também, como locadora, de não fazer mais renovações de contratos existentes, isto com o fim de levar ao seu termo uma situação mais que chocante.

Nós não queremos, mas intentar uma acção na Justiça através de uma providência cautelar, será que seria um choque eléctrico benéfico?

26 jun 2009 Next-up Organização






Partilhar:

Artigos Relacionados
Comentários

Nome:
Endereço de email (não será publicado):
comentários:

Procura
Últimas Galeria
©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional